Microagulhamento

Métodos de tratamento para rejuvenescimento da pele

Entre os mais novos métodos de tratamento para rejuvenescimento da pele está o Microagulhamento, procedimento estético que oferece a oportunidade de melhorar a aparência envelhecida por meio da redução de rugas, combate à flacidez facial, melhora da textura e aumento da luminosidade. O microagulhamento é um sistema de rolamento que contém inúmeras microagulhas que geram centenas de microlesões na pele. Esta ação desencadeia mediadores químicos que estimulam os fibroblastos a produzirem mais colágeno e elastina para restaurar a pele danificada. Com este aumento na produção dessas substâncias, toda a pele é reestruturada e beneficiada com a reorganização das fibras internas, o que leva à diminuição das rugas, das cicatrizes de acne, resultando em uma pele mais firme e com mais viço.

As principais indicações do Microagulhamento são:

Fotoenvelhecimento, cicatrizes de acne, de queimadura, cirúrgicas, entre outras aplicações. A técnica pode ser indicada também no tratamento de estrias, melasma, melhora da textura da pele (poros dilatados) e para auxiliar na deposição de substâncias terapêuticas nas camadas mais profundas da pele (drug delivery), potencializando os efeitos dos princípios ativos usados logo em seguida do microagulhamento.

É bom lembrar que os dispositivos utilizados no microagulhamento não são reutilizáveis, nem no mesmo paciente, e tampouco podem ser reesterilizados, uma vez que o calor destrói a ponta afiada das agulhas.

Recomenda-se em torno de 4 a 7 sessoões podendo ser realizadas a cada de 21 dias e a recuperação pós procedimento é imediata.

X